Como fazer um planejamento financeiro pessoal

Tempo de leitura: 6 minutos

A base de uma vida financeira equilibrada é ter um bom planejamento

Em se tratando de planejamento financeiro pessoal o brasileiro não se encontra muito bem familiarizado. Educação Financeira não está na grade curricular obrigatória do país e por consequência não aprendemos em casa, pois nossos pais também não aprenderam na escola. É uma triste realidade, mas que, com o tempo, está sendo mudada, pois já existem bons profissionais ensinando educação financeira através da internet.

Outra estatística preocupante é que cerca de 65% dos brasileiros não tem reserva de emergência. E os que tem, boa parte mantém o dinheiro em investimentos com baixos rendimentos.

Financiamentos, boletos, comprar hoje e pagar depois já faz parte da nossa cultura brasileira. E o planejamento financeiro fica sempre para depois.

Nesse artigo eu vou lhe mostrar 3 métodos para aprender de vez a ter um planejamento financeiro pessoal. Vamos lá!

Como começar um planejamento financeiro?

Segundo William Edwards Deming:

Não se gerencia o que não se mede, não se mede o que não se define, não se define o que não se entende, e não há sucesso no que não se gerencia

Podemos ver aqui a importância do planejamento.

Porém, quando uma pessoa decide criar um planejamento financeiro, surge a dúvida: por onde começar? Digo isso porque foi assim comigo também.

O primeiro passo é ter força de vontade. Não é complicado, mas no início requer muita dedicação e, certamente, entender sobre planejamento financeiro requer:

  • entender de onde vem e para onde vai o seu dinheiro;
  • ter objetivos bem definidos;
  • avaliar se os objetivos estão sendo atingidos.

Ter as finanças fora de controle (Confira “5 Hábitos que você mudar na sua vida financeira”) é um terreno fértil para contrair dívidas. Por isso, leia esse artigo até o final para entender melhor como ter um planejamento financeiro.

O planejamento financeiro que fazemos para a vida funciona como uma direção a ser seguida por vários anos. É saudável ter projetos ambiciosos que só vão se concretizar depois de bastante tempo, inclusive no planejamento financeiro da família. Porém, o desafio é evitar que esses projetos parem no meio do caminho devido as tentações que surgem. E você sabe como mantê-los no longo prazo?

Hoje vou mostrar para você como o planejamento financeiro contribui para a manutenção de grandes objetivos. O segredo para concluir planos de longo prazo passa diretamente pela administração das finanças, mas não apenas por isso. É fundamental também traçar metas parciais – de curto e médio prazo – para manter acesa a chama do planejamento a ser concluído mais à frente.

Convido você a ler esse artigo até o final para entender melhor como ter um planejamento financeiro pessoal.

3 métodos de planejamento financeiro

1- Planilhas

Você já pensou em usar uma planilha financeira? Calma, sei que quando falamos em planilha financeira, muitas pessoas torcem o nariz, dizem não gostar… mas aqui no nosso blog você encontra várias opções de planilhas bem simples que irão te ajudar a ter uma visão mais ampla do seu planejamento financeiro. Basta clicar aqui.

Estabeleça as despesas obrigatórias mensais, que incluem os gastos fixos ou oscilantes como moradia, que incluem o custo de aluguel ou financiamento, telefone, internet, luz, água, IPTU, entre outros, manutenção de automóveis, mensalidades, escola, academia, supermercado, alimentação e demais compromissos mensais.

Ao organizar os seus compromissos financeiros do mês, você terá entendimento dos gastos e poderá visualizar a fatia do seu orçamento doméstico que está comprometida com o básico. Essa estratégia também possibilita verificar para onde o seu dinheiro está indo e ver onde é possível fazer cortes.

2- Aplicativos

Uma outra maneira de ter um planejamento financeiro pessoal é através dos aplicativos. Hoje, quem não tem um celular em mãos? E com essa modernidade, para muitos, ter o seu planejamento ficou muito mais fácil. Claro que ainda há aquele que prefira uma caderneta e um lápis, mas não podemos fechar os olhos para a facilidade que os apps trouxeram para nós.

Existem apps que tem conexão com a conta corrente da pessoa. Assim, toda vez que você passar o seu cartão de crédito em algum estabelecimento, você receberá uma notificação imediatamente no seu celular. E essa facilidade não é somente para cartão de débito, para cartões de crédito também. Vou citar aqui o cartão de crédito Nubank. Conheça também o GuiaBolso.

Portanto, aproveite e faça um teste com os aplicativos e mantenha seu planejamento financeiro em dia.

3- Caderneta

Por incrível que pareça, essa é uma forma de planejamento muito usada nos dias de hoje, mesmo com toda a modernidade que o mundo oferece.

Muitas pessoas tem facilidade em fazer o controle financeiro das despesas fixas mensais. O grande problema é ter a disciplina na hora de acrescentar os gastos do cotidiano na sua caderneta.

O cafezinho depois do almoço, aquele encontro com um amigo que virou um lanche da tarde na confeitaria do bairro, o happy hour da empresa ou a cerveja com os amigos devem ser contabilizados na sua planilha financeira para que você possa controlar o montante que é gasto neste tipo de despesa.

Os supérfluos são importantes para o planejamento financeiro porque é com eles que você gasta uma boa parte da sua renda, mesmo sem perceber. No primeiro mês, anote todos os gastos para dimensionar melhor o orçamento.

Não importa o método, o mais importante é ter uma vida planejada. E estabelecer metas de curto, médio, longo prazo e claro, não esquecer das meta de curtíssimo prazo.

Sim, temos que pensar no que nos faz feliz! É ir ao cinema, manicure, a sua coleção de carrinhos, docinhos após as refeições, aquele café da manhã na padaria… enfim, eu ficaria horas aqui para discutirmos os hobbies que fazem as pessoas felizes.

A vida não é só o racional, é o emocional também. Sabe qual é a palavra chave? EQUILÍBRIO! assim, tudo fará sentido e você se sentirá mais feliz!

E se você tiver alguma dúvida, deixe aqui nos comentários. Terei o maior prazer em ajudá-lo, ok?!

 

Anúncios