Como se planejar financeiramente no período de quarentena

Como se planejar financeiramente no período de quarentena

Tempo de leitura: 5 minutos

Confira dicas importantes para manter a saúde das finanças em dia e passar pelo período da quarentena com dinheiro no bolso

Introdução

A pandemia do Coronavírus que chegou ao Brasil definitivamente transformou nossa rotina de diferentes maneiras possíveis. Desde alimentação, exercícios, convívio social e, principalmente, finanças. É preciso se adaptar à nova realidade imposta pela quarentena.

E na questão financeira, é sempre importante levar o gerenciamento das contas a sério. Afinal, com um cenário incerto, é essencial “colocar o pé no freio” e evitar gastos desnecessários, já que não sabemos como será o futuro do país nos próximos meses.

Assim, separamos dicas importantes para fazer um planejamento financeiro durante o período da quarentena. Por meio dele, será possível se manter no isolamento social sem muitas preocupações de como trabalhar com o capital nesse período.

Planejamento financeiro é essencial em qualquer momento

Apesar de vivermos uma verdadeira crise na saúde, temos as finanças como grande preocupação do cenário atual criado com a pandemia ao redor do mundo. O planejamento financeiro, já importante em outras épocas, se tornou o centro das atenções para muitas famílias brasileiras.

Assim, quem não tinha o costume de poupar, se viu obrigado a planejar o lado financeiro com uma organização eficiente, já que muitas outras áreas estavam em jogo além do dinheiro. Desse modo, por meio desse cuidado maior com as finanças, é possível evitar várias consequências geradas pelas incertezas do mercado.

Não deixe o dinheiro comprometer seu confinamento

Sabemos como a situação de isolamento é realmente difícil, assim como sabemos que a falta de dinheiro é um fator extremamente preocupante em qualquer momento. Com isso em mente, o planejamento financeiro se faz essencial durante essa crise, já que as finanças, de modo geral, não deveriam comprometer várias áreas da sua vida.

Seja pela saúde mental ou física, o planejamento financeiro eficiente vai tirar boa parte do peso das suas preocupações diárias. Assim, você poderá focar na resolução de outros assuntos, como a falta do convívio social e o sedentarismo, por exemplo.

Portanto, vamos conhecer as principais dicas para economizar e manter a quarentena da melhor forma possível? Então, confira abaixo algumas recomendações:

Água, energia e gás

Os serviços essenciais não podem parar, mas existem maneiras de otimizar o uso desses recursos para não comprometer as finanças no fim do mês. Assim, é importante utilizá-los com sabedoria:

  • Energia: dê preferência por ambientes bem iluminados e arejados, o que vai reduzir a necessidade de lâmpadas acesas, ventiladores e ares-condicionados ligados. Da mesma forma, desligue equipamentos que não são usados e limite drasticamente o uso do chuveiro durante o banho;
  • Água: além do banho mais rápido, como mencionamos anteriormente, é fundamental evitar lavar o quintal e o carro durante a quarentena. O mesmo vale para louças; pensando de maneira econômica, esperar o acúmulo de determinada quantidade de louças para lavar tudo junto, é a maneira consciente de evitar o desperdício e gasto de água;
  • Gás: procure cozinhar em grandes quantidades e preparar a comida para o máximo de dias possíveis. Dessa forma, é só ir preparando as refeições a partir dos pratos congelados, que foram feitos dias atrás. Além disso, lembre-se sempre de cozinhar apenas o essencial, para que o gás dure por mais tempo.
  • Não usar ferro. Não há necessidade de passar roupa toda semana ou na mesma frequência que em períodos normais de ir e vir; analise a situação e programe essa atividade quando for realmente necessário.

Alimentação e compras

É importante adotar alguns hábitos para que a comida dure mais e, dessa forma, você possa economizar no final do mês.

Portanto, em tempos de quarentena, é essencial comprar apenas o básico para ter uma boa alimentação. Arroz, feijão, ovos, macarrão, carnes, verduras e legumes devem ser a preferência nas várias refeições do dia. Todo o resto pode esperar para outro momento.

Além disso, evite abusar dos aplicativos de entrega de comida, já que o valor gasto em um pedido pode ser utilizado em várias refeições durante a semana. Assim, dê preferência para cozinhar em casa, o que sai muito mais barato no fim das contas – e ajuda a espantar o tédio.

Contas

Já para as contas da casa, como financiamento de veículos ou boletos diversos, há sempre a possibilidade de renegociar com os credores. No caso dos automóveis, por exemplo, algumas montadoras estão permitindo que duas prestações do financiamento sejam pagas no futuro, tudo para aliviar as finanças durante essa crise.

Assim, é importante ligar para bancos, financeiras e fornecedores de serviços para entender o que é possível renegociar durante essa crise sanitária e, por consequência, financeira.

Aproveite o confinamento para vender alguns itens

Mais uma dica importante que cai super bem durante o isolamento social: a venda de objetos usados e que, nesse momento, podem gerar uma renda extra e importante para sua família.

Nesse caso, faça uma limpa no guarda-roupas em busca de peças que possam ser vendidas por algum dinheiro. O mesmo vale para eletrônicos que estão com pouco uso e que, da mesma forma, ajudem na entrada de uma graninha extra. Portanto, fique de olho nas oportunidades de gerar capital.

Economize no seguro do carro

Por último, a nossa dica para se planejar financeiramente é escolher uma modalidade de seguro que proteja seu veículo e, ao mesmo tempo, traga uma economia importante para essa quarentena – mas também após o término dela.

Assim, optar por um seguro auto flexível e baseado no quanto você andou com o carro é um fator importante para organizar as finanças. Dessa forma, ficar em casa não vai ser um problema tão grande, já que suas contas estarão em dia e sua mente estará preparada para enfrentar essa crise temporária.

Conclusão

Aproveite então a quarentena para colocar as suas finanças em dia com essas dicas rápidas e práticas.

Confira também “10 Dicas Financeiras para você administrar o dinheiro da forma correta”.