Como receber aluguel todo mês sem ter um único imóvel

Tempo de leitura: 4 minutos

A mágica dos Fundos de Investimento Imobiliário

Introdução

Certamente investir em imóveis está muito mais fácil.

O Fundo de Investimento Imobiliário (FII) é um tipo de investimento relativamente novo e, na verdade, não tem nada de mágico. Talvez o título deste artigo tenha gerado bastante curiosidade em você e, de fato, é possível receber aluguéis sem ter um único imóvel. É possível investir nesse mercado com valores pequenos, como R$ 50,00. Existem FIIs que são mais de R$ 1.000,00, mas, em contrapartida, existem outras que giram em torno de R$ 1,00.

Entenda, finalmente, como funciona o mercado de FII, um tipo de investimento da renda variável, porém com menos risco do que o mercado de ações. Conheça o funcionamento dessa fantástica modalidade de investimento.

Como funciona?

Você compra uma cota e, todo dia útil este ativo estará sendo negociado em bolsa, assim como as ações. O ativo investido pode valorizar ou desvalorizar, porém, todo mês, você recebe renda na sua conta, correspondente a receitas como, por exemplo, o aluguel.

A compra de FIIs funciona de maneira idêntica a compra de Ações, ou seja, pelo Home Broker. Em contrapartida, a diferença é que nos FIIs são lotes unitários.

Veja, na imagem abaixo, os dois últimos ativos, JRDM11 e FVBI11. Ambos são códigos de FIIs.

Imagem do aplicativo da corretora XP Investimentos

JRDM11 – O Fundo detém 40% do Shopping Center Jardim Sul situado na Capital do Estado de São Paulo, no Morumbi. O shopping é administrado pela BR Malls.

FVBI11 – Edifício Faria Lima 4.440, localizado na cidade de São Paulo. O imóvel possui 22.112 m2 de área locável, sendo comprovado pelos padrões internacionais de sustentabilidade LEED do Green Building Council Brasil e pela certificação Triple A (POLI/USP).

Os FIIs são como “condomínios fechados”. São divididos em cotas que, uma vez adquiridas, não podem ser resgatadas, assim como ações de empresas, que devem ser negociadas no ambiente da Bolsa ou Balcão Organizado, conforme já citado.

O patrimônio de um fundo imobiliário pode ser composto de imóveis comerciais, residenciais, rurais ou urbanos, construídos ou em construção, para posterior alienação, locação ou arrendamento. Podem participar do patrimônio de um fundo, um ou mais imóveis, parte de imóveis e direitos a eles relativos. Foram criados em junho de 1993 pela Lei 8.668 e regulamentados pela CVM em janeiro do ano seguinte através das Instruções nºs. 205 e 206. (Trecho retirado do site Clube FII, melhor site sobre o assunto)

Quais as vantagens?

Poderia destacar aqui diversos pontos positivos como: renda extra mensal, diversificação e baixo valor para investir. Além de menor custo para investimento, proteção contra a inflação, benefícios fiscais à pessoa física, facilidade de acesso, entre outros.

Renda extra mensal: como se tivesse um imóvel para alugar, você recebe, todo mês, o valor referente a sua cota. Veja a imagem abaixo.

Rendimentos (aluguel) recebidos de FIIs - aplicativo da corretora Rico

Diversificação: além de ser uma diversificação como investimento em si, é diversificação também no sentido de que é possível investir em um Shopping localizado no bairro de Morumbi, em São Paulo, mesmo que você more em Manaus. Do mesmo modo é possível investir em imóveis residenciais, comerciais e outros.

Baixo valor para investir: é possível encontrar muitas cotas abaixo de R$ 100,00. Além disso, é possível investir nesse mercado comprando somente uma cota.

Como investir?

Enquanto enfrentamos burocracia na compra de um imóvel, sem contar a baixa liquidez (capacidade do ativo se tornar dinheiro), através de fundos imobiliários é possível, por meio eletrônico, com seu celular, investir em imóveis de qualidade, alugado para grandes empresas. Tudo isso utilizando até mesmo pouco recurso e de maneira bastante simples.

Para investir, basta ter conta cadastrada em alguma corretora, acessar o Home Broker, escolher o FII e investir.

Eu costumo utilizar o Home Broker da XP Investimentos para visualizar melhor os ativos (boa interface) e invisto através da Rico (corretagem zero para FIIs).

Conclusão

Finalmente, com todas as vantagens citadas, o investimento em FII passa a ser uma excelente alternativa para quem quer renda extra. E, fundamentalmente, é um modo de diversificação para quem quer rendimentos melhores do que os que encontra na Renda Fixa (confira os 5 passos que eu sigo para investir em Renda FIxa), mas ainda encontra dificuldades em investir em Ações.

Como resultado, tudo isso faz com que o investimento em FII seja um dos novos queridinhos dos investidores.

Quer investir em imóveis através de crowdfunding? Conheça também esta sensacional plataforma: Urbe.me!

Leia também “Tenho mil reais, onde investir?”.

Você sabe a diferença entre Renda Fixa e Renda Variável? Descubra aqui!

Anúncios