Resumo do livro “Antifrágil”

Tempo de leitura: 2 minutos

Coisas que se beneficiam com o caos

São 7 livros em 1!

Ao menos é assim que o autor, Nassim Nicolas Taleb, descreve o seu best-seller “Antifrágil”.

Primeiro de tudo, a palavra antifrágil na realidade não existe de fato. A palavra é uma criação de Taleb que tenta, ao longo do livro, distribuir as coisas entre a tríade: frágil, robusto e antifrágil.

Imagine três empresas de um mesmo setor da economia de um país. Vamos usar como exemplo as empresas hipotéticas A, B e C do setor elétrico aqui no Brasil. Durante uma crise a empresa A teve sérios problemas. A empresa B não sofreu muito. Já a empresa C obteve um significativo crescimento. Todas as situações descritas foram em consequência da crise do país. Segundo Taleb podemos então classificar a empresa A como frágil e a empresa B como robusta. Consequentemente classificamos a empresa C como antifrágil.

Lembre-se que o frágil deseja tranquilidade, o antifrágil cresce com desordem, e o robusto não se importa muito

A neologismo, ou seja, a criação da palavra antifrágil, surge de Taleb não encontrar nos principais idiomas uma palavra que possa representar o oposto de frágil. Talvez resiliente, forte ou inquebrável. Mas repare que essas palavras não indicam o oposto de frágil, apenas indicam uma situação neutra que no caso o autor chama de robusto. O oposto de positivo é negativo e não neutro.

Não há uma palavra para antifragilidade nas principais línguas conhecidas, modernas, antigas, coloquiais ou gírias. Até mesmo o russo (a versão soviética) e o inglês do Brooklyn não parecem ter uma designação para antifragilidade, confundindo-a com robustez

A sociedade se beneficia com o caos

O autor desenvolve o livro abordando diversos exemplos sobre coisas e situações que se beneficiam com o caos. A sociedade como um todo só evoluiu por essa razão. Existem pessoas que assumem riscos que a maioria não está disposta a correr, entretanto, no fim, o coletivo se beneficia com isso. Pense em como foi desconfortável e complicado para Martin Luther King lutar contra o racismo. Luther King só obteve sucesso porque cresceu em meio à exposição e às represálias que sofreu. Quanto tempo mais os negros dos Estados Unidos iriam ter que esperar para ter direitos iguais se a luta contra o racismo não tivesse crescido em meio ao caos?

Apesar de percebermos apenas instintivamente, muitas coisas na vida se beneficiam do nervosismo, da desordem, da volatilidade e da agitação. O que Taleb identificou como antifrágil é a categoria de coisas que não apenas se beneficiam do caos, mas que precisam dele para sobreviver e crescer

Leia também o resumo de “Como fazer amigos e influenciar pessoas”.


Veja abaixo a classificação do livro segundo a minha opinião!

• Instigante: 5

• Inovador: 5

• Linguagem simples: 5

• Prático: 4

Nota final: 4,75


Leia também o resumo do livro “Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes” e “Pai Rico Pai Pobre”.

Aprenda inglês com resumos de best-sellers. Veja aqui como.

Anúncios