Resumo do livro “Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes”

Tempo de leitura: 5 minutos

De longe o livro mais transformador que eu já li. O best-seller “Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes”, de Stephen R. Covey, foi considerado um dos livros mais influentes do século XX pela Forbes e foi traduzido para mais de 40 idiomas pelo mundo.

Os 7 hábitos são divididos pelo autor em 2 grandes grupos: o da vitória particular (hábitos 1, 2 e 3) e o da vitória pública (hábitos 4, 5, 6 e 7).

Hábito 1 – Seja Proativo

Controle suas ações de modo que você esteja sobre o controle do que acontece em sua vida. Aja! Não devemos esperar que simplesmente as coisas aconteçam. Essa é a habilidade de agir antes que algo venha a acontecer. Esse é um dos hábitos que nos difere dos outros animais. Nós podemos escolher passar fome apesar de nossos “instintos” nos dizerem para procurar comida. Se um cão sente fome, logo ele procurará por comida.

No primeiro hábito Covey genialmente já começa a falar sobre o “Círculo de Preocupação”, que inclui tudo aquilo a nossa volta que nos preocupa e o “Círculo de Influência”, que é absolutamente tudo aquilo que podemos modificar.

Devemos focar nossa proatividade, obviamente, no “Círculo de Influência”, pois é nele que podemos fazer algo que modifique substancialmente nossas vidas. Agindo assim, com o passar do tempo, nosso “Círculo de Influência” aumentará, pois estamos focando no que podemos mudar. Consequentemente, nosso “Círculo de Preocupação” diminuirá.


Mentalidade RICA vs POBRE-13

Entenda através de um simples exemplo:

  • Não posso controlar as mudanças climáticas (círculo de preocupação), mas posso deixar um guarda-chuva no carro (círculo de influência) para caso venha a chover mais tarde apesar do Sol que faz agora.

Conseguiu entender? Agora transporte isso para TODAS as áreas da sua vida, seja profissional, financeira, familiar e por aí vai.

Hábito 2 – Comece com o objetivo em mente

Visualize o objetivo final. O autor nos convida a ir ao nosso funeral. Isso mesmo! Faça uma reflexão e imagine o seu próprio funeral. O que você gostaria que as pessoas estivessem falando sobre você?

O caminho que seguiremos até o objetivo, às vezes, na verdade na maioria das vezes, não será muito claro, porém você deve saber aonde você quer chegar, qual é o resultado final que você deslumbra. Coloque isso num papel, coloque no papel de parede do computador, do celular.

Muitas pessoas fazem um faculdade ou entram em determinado emprego sem saber onde querem chegar e, dessa forma, veem o tempo passar. Pare por um instante de ler este resumo e pense em qual é o seu objetivo final. Faça isso!

Hábito 3 – Faça primeiro o mais importante

Vivemos um momento em que tudo é passageiro, tudo é urgente, tudo vem e passa. Já reparou como uma música começa a fazer sucesso e, poucos meses depois, ninguém mais lembra dessa música. E, quanto mais o tempo passa, mais rapidamente as coisas ficam rapidamente obsoletas.

Nessa urgência esquecemos de fazer o que é realmente importante. Nesse sentido, o autor faz a seguinte classificação: urgente e importante, urgente e não importante, importante e não urgente, não importante e não urgente.

Veja a figura abaixo!

Mentalidade RICA vs POBRE

Hábito 4 – Pense Ganha x Ganha

Uma crença limitante, uma mentalidade de escassez que atinge a maioria das pessoas é que, para alguém ganhar, alguém tem que perder. Não é bem assim!

Pessoas que pensam Ganha x Perde, ou seja, em determinada situação ela ganha e a outra pessoa perde, afastam as outras pessoas de sua volta. Pessoas Ganha x Perde são automaticamente evitadas.

Pessoas que pensam Ganha x Ganha possuem uma mentalidade de abundância, sempre haverá um pedaço do bolo para todo mundo.

Nenhuma relação que não seja Ganha x Ganha não se sustenta a longo prazo, pense no seu relacionamento com seus melhores amigos e familiares.

Hábito 5 – Procure primeiro compreender para depois ser compreendido

Escutar com empatia.

Entenda o ponto de vista das outras pessoas. A forma como você enxerga o mundo, somente você enxerga, essa é a sua e somente sua visão. Nossa visão de mundo não é algo objetivo, é algo subjetivo que surge de nossas experiências e percepções, é a nossa interpretação.

Pratique escutar até o final o que os outros falam e, a partir daí comece a tirar suas conclusões. Faça perguntas e tente entender como os demais pensam, compreenda-os! Você não é o dono da razão e, muito menos sabe de tudo.

Hábito 6 – Crie sinergia

Um mais um é igual a mais do que dois. Juntos podemos ir mais longe, somamos nossas qualidades e diminuímos nossas fraquezas. Isso é sinergia!

Sinergia significa que o todo é mais do que a soma das suas partes. 

O sexto hábito implica então na cooperação criativa e no trabalho em equipe: as pessoas com mentalidade ganha x ganha, e que escutam com empatia, podem aproveitar suas diferenças para gerar opções que antes não existiam.

Hábito 7 – Afine o instrumento

O autor dá como exemplo no livro um lenhador que estava exausto de tanto tempo que já havia passado serrando um tronco de madeira. Imagine-se passando por ele e lhe sugerindo que parasse um pouco e afiasse a sua serra para que conseguisse serrar com mais facilidade e rapidez. Porém, esse lenhador não pensa como você e não consegue enxergar que, seguindo a sua sugestão, ele terminaria o trabalho muito mais rápido. Assim ele lhe responde que não pode parar para afiar a serra porque não pode parar de serrar nem um minuto.

Às vezes estamos tão sedentos para atingir um objetivo que esquecemos de afiar o nosso instrumento, seja lendo livros, fazendo cursos ou outra coisa que realmente agregue valor para nós.

Uma árvore que não está mais crescendo, está morrendo


Veja abaixo a classificação do livro!

  • Instigante: 5
  • Inovador: 5
  • Linguagem simples: 5
  • Prático: 5

Nota final: 5,00


Leia também o resumo do livro “Os Segredos da Mente Milionária” e “Pai Rico Pai Pobre”.

Quer adquirir este livro com desconto? Acesse aqui o site da Saraiva e adquira agora mesmo!

app 12 min

Anúncios